O treinador português, José Mourinho, disse em entrevista ao diário A Bola que vencer no Real Madrid será o maior desafio da sua carreira.

Numa extensa entrevista, o técnico português abordou vários temas relacionados com a sua carreira, confessando que a sua maior riqueza como treinador "tem sido a de saber como ganhar em lugares e clubes muito diferentes".

Depois de ter vencido em Portugal, Inglaterra e Itália, José Mourinho encontrou uma nova realidade a treinar em Espanha. A adaptação do técnico a novas realidades tem sido um dos desafios mais enriquecedores na sua carreira, revelou José Mourinho.

"Essa é a minha maior riqueza profissional. Posso dizer que essas diferenças tão acentuadas de culturas, de tipos de sociedade, desportivamente, até no universo jornalístico, contribuíram para a minha grande riqueza como treinador. O futebol é um fenómeno global mas tem coisas tão diferentes que o torna, de facto, fantástico. Às vezes perguntam-me qual é o meu tipo de futebol preferido, quais as características que privilégio no meu modelo de jogo, qual a minha filosofia. Quem trabalha sempre no mesmo país ou no mesmo clube, quem não muda, como eu mudei, tem a possibilidade de responder de uma maneira pragmática a esta pergunta. É esta a minha filosofia, é esta a minha cultura, é este o meu modelo, é isto o que privilegio. Mas eu mudei de país para país e fui obrigado a analisar culturalmente cada um desses países, o futebol em cada um deles, fazer a análise táctica das equipas contra as quais iria competir, a escolher jogadores adaptados à realidade e desenvolver um modelo de jogo que pudesse ser vencedor num determinado tipo de futebol", disse Mourinho.

Uma das características que tem marcado a carreira de José Mourinho tem sido a facilidade com que o técnico português se adapta a diferentes realidades futebolísticas. Mourinho venceu títulos em Inglaterra e em Itália, logo na primeira época à frente de Chelsea e Inter.

"Tento estudar ao máximo as possibilidades antes de o jogo acontecer e preparar-me para aquilo que será o jogo. Tento reduzir a imprevisibilidade. Muitas vezes não se consegue e, durante o jogo, temos de nos adaptar à situação e mudar o caminho que tínhamos traçado. Numa época desportiva, principalmente quando se muda de país, procuro fazer a mesma coisa. Desde o primeiro dia, em Inglaterra, em Itália e Espanha procurei reduzir a imprevisibilidade de realidades que não conheço, mas que procuro ir conhecendo ao máximo."

No final da época passada, o Real Madrid contratou José Mourinho com o objectivo de voltar a conquistar a Liga dos Campeões. O treinador português já se sagrou campeão europeu pelo FC Porto e pelo Inter, e tenta agora conquistar a prova pelo Real Madrid. Para Mourinho, a conquista da Liga dos Campeões é o troféu máximo que um clube pode conquistar, considerando que qualquer clube português parte sempre como "outsider" na lista de candidatos à vitória.

"Na Champions qualquer equipa portuguesa será sempre outsider, mas na Liga Europa será sempre candidata a vencer".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.