Dado como recuperado da COVID-19, Zinedine Zidane voltou esta terça-feira a orientar um treino do plantel principal do Real Madrid.

O técnico francês tinha testado positivo ao SARS-CoV-2 a 22 de janeiro, falhando dessa forma a presença no banco nos dois últimos jogos do Real, frente ao Alavés (que os 'merengues' venceram por 4-1) e frente ao Levante (em que perderam por 1-2).

Desta forma, Zidane estará já de volta ao banco no próximo jogo do Real, marcado para sábado, frente ao Huesca.

O regresso de Zidane aconteceu no dia em que o clube madrileno anunciou que o presidente Florentino Pérez, de 73 anos, testou positivo para o vírus SARS-CoV-2, indicando que o dirigente “não apresenta sintomas”.

O Real Madrid ocupa atualmente o terceiro lugar da La Liga, em igualdade pontual com o Barcelona, segundo classificado, mas com menos 10 pontos e mais um jogo do que o líder destacado, o rival e vizinho Atlético de Madrid.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.