Foram tornados públicos, esta quarta-feira, documentos referentes à forma como Cristiano Ronaldo e Real Madrid lidaram com o fisco em Espanha.

A partir de documentos obtidos pelo 'Football Leaks' e divulgados pelo site 'InfoLibre', a partir de cartas da direção do Real Madrid percebe-se que o salário de Cristiano Ronaldo estava 'blindado' em relação ao fisco.

Ou seja, independentemente da carga fiscal que seria aplicada, o craque teria sempre o mesmo salário líquido o que choca com o estatuto de trabalhadores naquele país.

Refere a mesma fonte, que para além de Ronaldo também Gareth Bale terá pedido o mesmo tratamento, que foi negado, no entanto conseguiu-se que os pagamentos ao agente do galês também fossem 'blindados'.

Recorde-se que o jogador português declarou-se culpado em quatro delitos de fraude fiscal em 2019, depois de Fuga aos impostos entre 2010 e 2014.

Ronaldo representou o Real Madrid entre 2009 e 2018.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.