Pressionado pelo triunfo folgado do Atlético de Madrid na receção ao Granada (7-1), o Real Madrid exibiu-se, respondendo na mesma moeda, num festival de golos que contou com a contribuição de Ronaldo e que interrompeu um ciclo de quatro empates consecutivos.

Depois de assistir Isco para o quinto golo, o internacional português não desistiu de sair de Estádio Benito Villamarín, em Sevilha, com o seu segundo golo para o campeonato, fechando a contagem do Real Madrid.

O reencontro do clube ‘blanco’ com as vitórias iniciou-se logo aos quatro minutos, quando Raphaël Varane cabeceou para o 1-0.

Depois de ter assistido Varane no primeiro golo, o alemão Toni Kroos repetiu a proeza, colaborando no golo de outro francês, Karim Benzema, aos 31 minutos.

O triunfo do Real ficou definido ainda antes do final da segunda parte, graças aos tentos do brasileiro Marcelo (39) e do espanhol Isco (45), que, assistido por Pepe, o outro português titular, culminou uma jogada de contra-ataque.

O golo de honra dos homens da casa, que ocupam o 15.º lugar da classificação, com oito pontos, chegou aos 55 minutos.

Foi aí que apareceu Ronaldo: primeiro, assistiu Isco para o ‘bis’, aos 62 minutos, depois fez o gosto ao pé, aos 78.

O Real Madrid igualou assim o primeiro classificado, o Atlético de Madrid, no topo da tabela, com ambos a somarem 18 pontos. O Sevilha mantém-se terceiro, com 17, enquanto o FC Barcelona é quarto, com 16.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.