Após quase dois meses de recuperação de uma lesão no tornozelo direito, Cristiano Ronaldo jogou os últimos 20 minutos do jogo frente aos suíços do FC Zurique, da quinta e penúltima jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, que os madrilenos venceram por 1-0.

"Quero agradecer aos que me aplaudiram e retribuir esse gesto com boas exibições e golos. Sobre a lesão, não senti nada e estou pronto para regressar bem", garantiu o internacional português no final do jogo de quarta-feira, reconhecendo.

Mesmo assim, Ronaldo mostrou-se disponível para integrar as opções do treinador Manuel Pellegrini para o "clássico" de domingo, numa altura em que os madrilenos comandam a classificação, com mais um ponto que os eternos rivais.

Depois de agradecer os aplausos que recebeu quando rendeu no relvado Raul, aos 70 minutos, Cristiano Ronaldo aproveitou para desdramatizar as críticas lançadas ao Real Madrid durante a sua ausência forçada.

"Estamos em primeiro no nosso grupo da Liga dos Campeões e no campeonato espanhol, mas é normal as pessoas pedirem sempre mais ao Real Madrid", relativizou o melhor jogador do Mundo em 2008.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.