Royston Drenthe e Raphael Van der Vaart, antigos colegas de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, recordaram a sua sua passagem pelo emblema merengue, durante o Programa 'Kick 't Met' do canal 'Ziggo Sport'. O dois esquerdinos neerlandeses foram a baú de memórias para falar de um Ronaldo que não convenceu nos primeiros treinos.

"Vi-o bater livres diretos durante o treino e pensei para mim: 'É isto que é assim tão bom?'. Não teve a um grande nível nos primeiros treinos. Não pensei que fosse assim tão bom, mas depois quando começou o jogo estava totalmente preparado e fazia tudo bem", começou por contar Van der Vaart.

Drenthe guarda boas memórias de Ronaldo mas recorda que o avançado não alinhava muito em saídas.

"Eu saía mais com o Pepe e com o Marcelo, que eram dois tipos com quem eu também me dava naquela altura. O Cristiano era muito agradável e também uma grande pessoa, mas quase que não tinha vida própria. Se quiséssemos fazer algo em segredo não podíamos contar com ele. Por isso, também escolhi o meu próprio caminho", frisou o antigo lateral esquerdo.

No mesmo programa, Raphael Van der Vaart lembrou-se de uma zanga de Cristiano Ronaldo com Drenthe.

"[Drenthe] gostava de jogar contra Cristiano Ronaldo nos treinos. Achava isso um desafio. Perguntava a si próprio: 'Cristiano, quem é ele? E o Cristiano Ronaldo ficou louco com ele. Era rápido, ágil e técnico - como é que ele podia passar por ele? A certa altura, Cristiano começou a correr pela ala esquerda porque já não sabia o que fazer com Drenthe. Na altura, não havia qualquer diferença em relação a Marcelo, eram perfeitamente compatíveis. A única diferença era que Royston preferia ser um extremo esquerdo em vez de um lateral. Ele queria atacar e fazer jogadas", disse Van der Vaart.

Sobre o seu antigo companheiro, Van der Vaart frisou que, se quisesse, teria feito uma grande carreria.

"Royston é o melhor lateral esquerdo que a Holanda já teve. Se ele tivesse deixado de lado o seu ego e o seu estilo de futebol de rua, ainda teria jogado na lateral esquerda da Laranja Mecânica até há quatro anos", garantiu.

Royston Drenthe e Van der Vaart jogaram com Cristiano Ronaldo no Real Madrid em 2009/10, na época de estreia do internacional português pelos merengues.

O antigo médio criativo holandês despediu-se dos relvados em 2018/19, ao serviço dos dinamarqueses Esbjerg fB.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.