Sérgio Ramos admitiu em conferência de imprensa que pretendia permanecer no Real Madrid, tendo chegado a aceitar a oferta de um ano de contrato que o clube lhe fez, apesar de não ser o que pretendia.

Contudo, revelou o defesa, quando aceitou a oferta, a mesma já não estava em cima da mesa, uma vez que o prazo tinha acabado. Prazo esse de que Ramos não tinha conhecimento.

"Nunca que quis ir embora. O meu objetivo era continuar aqui. (...) Os últimos meses, o clube fez-me uma oferta de um ano com uma redução de salário. Tenho que realçar que não existia um problema económico, eu queria dois anos e tranquilidade para mim e para a minha família. Nas últimas conversas, aceitei a oferta de um ano, mas comunicam-me que já não dava, que tinha um prazo de validade e eu não sabia disso", explicou.

Sobre o seu futuro, Sérgio Ramos afirma que ainda não conversou com nenhum clube, uma vez que nunca teve a ideia de deixar o Real Madrid. Ainda assim, abordou dois emblemas que já estão fora de questão.

"O Sevilha é o meu segundo clube, mas ao dia de hoje não contemplo essa opção e eles tão pouco. Barcelona? É um rotundo não, tão grande como o Bernabéu", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.