Sergio Ramos voltou a ´fazer das suas` no clássico com o Barcelona, que os campeões espanhóis e europeus perderam por 3-0. O central e capitão do Real Madrid teve uma entrada dura sobre Luis Suárez e ainda atingiu o uruguaio na cara, mas o árbitro, Sánchez Martínez, apenas mostrou amarelo.

Na zona de entrevistas rápidas do Bernabéu, logo a seguir ao final do encontro, o central comentou o lance com alguma ironia.

"Em Barcelona acham que devia ir para a prisão com Puigdemont. Fui ao choque e foi isso que aconteceu, mas em nenhum momento tive intenção de lhe bater", disse Ramos, aludindo a Carles Puigdmont, ex-presidente do governo catalão.

Sobre a desvantagem de 14 pontos para o Barça, Ramos admite que será complicado chegar ao título.

"Há que ser realista, está muito complicado, mas o Real Madrid tem a obrigação de lutar até ao fim. Gostaríamos de ir de férias com um bom resultado e assim é complicado. Sabemos das consequências e chateia-te mais do que qualquer outro jogo, apesar de os três pontos serem os mesmos", atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.