O antigo jogador do Barcelona Hristo Stoichkov mostrou-se solidário com o povo da Catalunha e atacou o governo espanhol depois de terem sido amplamente divulgadas imagens da polícia a agredir alguns cidadãos que participaram no referendo para a independência da região no último domingo.

"Não se pode pedir à polícia para agredir gente inocente. Governo de Espanha, vocês são uma vergonha total. Por isso estão onde estão, separados do mundo", criticou o antigo internacional durante o programa de televisão Univisíon Deportes.

O búlgaro recordou ainda o momento em que envergou uma bandeira da Catalunha na final da Liga dos Campeões em Wembley em 1992.

"Eu enverguei a bandeira da independência em Wembley, quando este governo não sabia de que bandeira se tratava. Mais cedo ou mais tarde será o que tem que ser, mas não desta forma".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.