A transferência de Iker Casillas do Real Madrid para o FC Porto, no último verão, levou à abertura de um processo num tribunal de Palma de Maiorca.

Em causa está uma denúncia contra o agente Santos Márquez, intermediário nas negociações. Segundo o diário espanhol Última Hora, vários empresários alegam terem sido afastados do processo de transferência de forma ilegal, de forma a não receberem a comissão a que tinham direito.

Segundo a referida fonte, Santos Márquez terá concretizado o negócio em nome de outra empresa que não terá tido qualquer participação na transferência.

O advogado Jaime Campaner confirmou à agência EFE que apresentou a referida queixa em nome do grupo de empresários em questão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.