O treinador do Deportivo da Corunha, clube da Liga espanhol de futebol, considerou hoje "mais do que uma briga" o que aconteceu no treino de sábado entre o português Luisinho e Allejandro Arribas.

Por essa razão, Víctor Sánchez del Amo optou por deixar o português a treinar fora do grupo e revelou que para os dois jogadores haverá uma sanção pecuniária exatamente igual e que serão tomadas "outras medidas, em função das responsabilidades de cada um".

Víctor Sánchez del Amo explicou que teve uma reunião com o jogador português logo no sábado, para lhe explicar a situação, esclareceu que tomou as decisões oportunas face a toda a informação e não apenas ao que se viu no treino.

O treinador pediu publicamente desculpa aos adeptos pelo "mau exemplo" dado com o "desgraçado incidente" de sábado e realçou que a equipa tem de ser o melhor exemplo dos valores do desporto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.