O Valência, de Nuno Espírito Santo, subiu este domingo ao segundo lugar da Liga espanhola de futebol, ao vencer o Espanhol por 3-1, em jogo da quarta jornada.

Com Rúben Vezo e André Gomes como titulares, o Valência cedo se adiantou no marcador, com o ex-benfiquista Rodrigo a assistir o argentino Pablo Piatti, para o 1-0, aos sete minutos.

A jogar em casa, o conjunto orientado por Nuno Espírito Santo não deu hipóteses aos catalães, fazendo dois golos em dez minutos para segurar os três pontos: Dani Parejo marcou aos 63 minutos e Paco Alcácer fez o 3-0. Já nos descontos, Sergio García, de grande penalidade, assinou o golo de honra dos visitantes.

“Na primeira parte, controlámos o jogo com tranquilidade, pelo que estamos contentes, ainda que tenhamos de corrigir alguns detalhes”, assumiu o treinador português, que defendeu que a sua equipa, que soma agora sete pontos, menos dois do que o líder FC Barcelona, tem de pressionar mais os adversários.

Em igualdade pontual com o Valência está o Sevilha, que hoje, com Daniel Carriço no “onze” e Diogo Figueiras como suplente utilizado, venceu o Getafe por 2-0.

O colombiano Carlos Bacca inaugurou o marcador, de grande penalidade, aos 44 minutos, e o espanhol Aleix Vidal, a três minutos do final do tempo regulamentar, fechou o resultado.

No outro encontro da quarta jornada disputado hoje, o Rayo Vallecano perdeu em casa com o Elche por 3-2.

No estádio de Vallecas, Edu Albácar adiantou os visitantes aos 37 minutos, com o Rayo, com Zé Castro a titular, a igualar por Kakuta antes do intervalo.

Na segunda parte, Jonathas deu o triunfo ao Elche, marcando primeiro (55) e assistindo Pedro Mosquera depois (69). Bueno, de grande penalidade, fez o 3-2, aos 90+1 minutos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.