O futebolista brasileiro Vinícius Júnior, que representa o Real Madrid, vai ter de repetir o teste à covid-19, informou hoje o treinador Zinedine Zidane, explicando que houve um "erro" no resultado do teste inicial.

"O médico informou-me que houve um erro no teste e que vamos repeti-lo. Às vezes, há falhas. [O resultado] não foi negativo, nem positivo", especificou o técnico dos ‘merengues', acrescentando que o extremo de 19 anos não vai treinar, tal como manda o protocolo em Espanha para estes casos de resultados inconclusivos.

Os jogadores da Liga espanhola têm sido submetidos a testes regulares ao novo coronavírus desde que a competição foi retomada no mês passado.

Alguns jogadores e membros do ‘staff' do Valência e do Alavés testaram positivo em março, mas já recuperaram todos. Nenhum atleta testou positivo desde o recomeço da prova, agora disputada sem público nos estádios.

O Real Madrid lidera o campeonato com 77 pontos em 34 jogos disputados, apenas mais um do que o segundo classificado, o FC Barcelona, mas o ‘gigante’ da capital espanhola tem menos um jogo do que o rival da Catalunha. Os 'merengues' recebem na sexta-feira o Alavés (16.º).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 549 mil mortos e infetou mais de 12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP, e Espanha é um dos países mais afetados do mundo, com mais de 28 mil mortos e mais de 252 mil casos identificados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.