O português William Carvalho brilhou hoje com dois golos no triunfo do Betis por 3-1 sobre o Almeria, que permite ao conjunto andaluz manter-se entre o trio de terceiros classificados na Liga espanhola, após a nona jornada.

William acompanhou o ataque para inaugurar o marcador aos 23 minutos, aproveitando um cruzamento atrasado de Moreno, e tranquilizou a sua equipa aos 71, quando fez o terceiro, na ‘cara’ do guarda-redes, após assistência de Borja Iglésias, que cinco minutos antes tinha feito o 2-1, correspondendo com remate de primeira a uma desmarcação permitida por Joaquín.

O maliano El Bilal Toure tinha empatado aos 51 minutos, dando, na altura, expressão ao maior atrevimento da equipa que é 18.ª com somente sete pontos.

Horas antes, um Real Madrid letal a aproveitar erros alheios isolou-se no comando de LaLiga após vencer o FC Barcelona por 3-1, impondo ao eterno rival a primeira derrota no campeonato.

Igualados na frente antes do desafio no Santiago Bernabéu, os ‘merengues’ foram mais fortes ante um conjunto catalão que nos oito jogos anteriores apenas tinha sofrido um golo, encaixando agora três num encontro em que o defesa Eric Garcia, com erros comprometedores, ‘ajudou’ ao êxito rival.

Aos 12 minutos, o alemão Toni Kross, em queda, conseguiu desmarcar o brasileiro Vinicius Júnior que, isolado, não teve arte para bater Ter Stegen: a bola sobrou para a zona central da área onde surgiu o francês Benzema, sem marcação, a colocar a bola entre uma muralha de quatro defesas e o guarda-redes.

Foi também em transição rápida, especialidade do Real Madrid, que aconteceu o 2-0, num carrossel ofensivo que deixou a defesa a ver jogar até chegar ao uruguaio Valverde que, à entrada da área, também foi certeiro a atirar, cruzado, entre vários contrários.

Aos 74 minutos os catalães reclamaram falta de Carvajal sobre Lewandovski na área, mas o árbitro deixou jogar e o videoárbitro (VAR) não interveio, ao contrário do que fez aos 90 minutos, para sancionar falta de Eric Garcia sobre o ‘canarinho’ Rodrygo, que se encarregou de fazer, de penálti, o definitivo 3-1.

Antes, aos 83, Ansu Fati brilhou na direita, Lewandowski tocou de calcanhar e Ferran Torres reduziu para 2-1, deixando os anfitriões em sentido até ao apito final.

O Real Madrid lidera, agora isolado, com 25 pontos, mais três do que o FC Barcelona, segundo, enquanto o terceiro posto, é ser repartido pelo Atlético de Madrid, que no sábado ganhou 1-0 em Bilbau, Real Sociedad, que hoje se impôs por 2-1 em Vigo, e o Betis, que somam 19 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.