Zinedine Zidane admite poder seguir a carreira de treinador dentro de três anos. A antiga estrela francesa e actual conselheiro do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, confessou essa possibilidade ao jornal Le Parisien.

"Há três anos disse não a um futuro como treinador. Agora digo a mim mesmo: e por que não? Pode ser que em três anos esteja pronto para transmitir o que aprendi aos mais jovens", afirmou o antigo jogador do Real Madrid, que não esconde algumas saudades dos relvados: "Creio que tomei a decisão de retirar-me demasiado cedo. Podia ter jogado mais um ou dois anos. Tinha 34 anos e achei que era melhor parar antes que alguém o fizesse por mim."

Curiosamente, esta revelação surge dias depois de José Mourinho ter lançado o apelo a Zidane para este estar mais perto da equipa, apelo esse que terá uma resposta positiva do actual conselheiro do presidente. "Vai permitir-me estar mais perto do terreno de jogo. Mourinho é um grande treinador, que já ganhou tudo e que agora vai fazer o Real Madrid ganhar também", concluiu.  

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.