Fernando Santos foi, esta quinta-feira, questionado sobre a situação de Cristiano Ronaldo no Manchester United.

O Selecionador nacional frisou o papel que o avançado luso continua a ter na equipa das quinas.

"Logo vai ser titular no jogo com o Sheriff. Tenho tido a atenção com ele e com todos, se jogam ou não jogam, o que está a acontecer. Penso que aqui ninguém tem dúvidas de que continua a ser muito importante para seleção", disse.

O selecionador das quinas comentou ainda a chamada de Tiago Djaló. "O Djaló já não é uma novidade. Conhecemos bem. É titularíssimo no Lille. Tem uma característica importante. Tendo a questão do Cancelo estar castigado no primeiro jogo, fico só com um lateral direito. O Djaló tem sido titular ou como central ou como lateral. Ele tem qualidade técnica. Tem a possibilidade de jogar várias posições."

Após concluídas quatro jornadas, os lusos estão no segundo posto do Grupo A2, com sete pontos, depois de terem superado a Suíça (4-0) e a República Checa (2-0), em Lisboa, empatado em Sevilha, com a Espanha (1-1), e perdido em Genebra, perante os helvéticos (1-0).

A Espanha é quem lidera a ‘poule’, com oito pontos, enquanto a República Checa é terceira, com quatro, e a Suíça a última, com três.

A formação das ‘quinas’, vencedora da primeira edição da Liga das Nações, em 2019, precisa de vencer o agrupamento para chegar à ‘final four’ da terceira edição, sendo que a segunda foi conquistada pela França, numa final com a Espanha, em 2021.

Os quatro vencedores dos grupos da Liga A qualificam-se para a fase final, que inclui meias-finais, final e partida de atribuição do terceiro lugar. A ‘final four’ da terceira edição da prova será realizada em junho de 2023.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.