É com um Velodrome despido de gente que o Marselha vai receber o Sporting na próxima terça-feira, em encontro da 3.ª ronda da Liga dos Campeões. Os franceses voltaram a ser castigados pela UEFA devido ao mau comportamento dos seus adeptos, pelo que diante dos Leões não poderão contar com o factor-casa para somar os primeiros pontos na prova.

Na antevisão do jogo da 9.ª jornada da Liga Francesa, Amine Harit, médio do Marselha, lamentou esse facto.

"Na Liga dos Campeões há sempre pressão. Vamos entrar neste jogo no máximo. Mas é lamentável jogar sem os adeptos frente ao Sporting. É penalizador, mas são decisões que se tomam, somos obrigados a aceitar", disse o médio marroquino.

O médio lembrou que o Marselha está numa boa fase, pelo que espera vencer o Angers para continuar a somar pontos.

"Estamos em fase muito boa na Ligue 1. Somos profissionais o suficiente para saber que as pausas internacionais nem sempre são fáceis, mas não temos escolha. O Angers [adversário desta sexta-feira na Ligue 1] teve um início de temporada complicado, mas tem melhorado. Acima de tudo, não devemos levar o adversário de ânimo leve. Ainda não estou a 100%, mas sinto-me muito bem. Voltei com o mesmo estado de espírito", terminou.

A 23 de setembro, a UEFA ordenou que a recepção do Marselha ao Sporting fosse à porta fechada. Em causa o comportamento dos seus adeptos na receção ao Eintracht Frankfurt, que os germânicos venceram por 1-0, nomeadamente com “arremesso de objetos, uso de dispositivos pirotécnicos e laser, perturbação do público e bloqueio das zonas de passagem e saídas das bancadas”.

O Marselha é reincidente e estava sob ameaça de suspensão, depois dos incidentes no desafio com o Feyenoord, na Liga Conferência, em 05 de maio. Os marselheses foram punidos com um jogo à porta fechada, então suspenso por dois anos, além de uma multa pecuniária.

Os alemães também não saem incólumes, pois foram igualmente penalizados devido arremesso de objetos, uso de pirotecnia, atos que causaram estragos e comportamento racista, neste caso por saudações nazis. O clube vai ter de pagar uma multa de 30.000 euros, além de custear os danos causados pelos seus adeptos.

O Eintracht Frankfurt foi igualmente castigado com o impedimento de vender bilhetes para o próximo jogo fora e ter uma bancada fechada no seu próximo jogo em casa, mas ambas as penalizações estão suspensas, por um período de um ano.

Cumpridas duas jornadas, o Sporting lidera o Grupo D com seis pontos, seguido do Tottenham e Eintracht Frankfurt com três, enquanto o Marselha ainda não pontuou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.