André Villas-Boas era um técnico naturalmente desiludido após a derrota frente ao Benfica por 1-2. O treinador português considera que houve alguma falta de controlo emocional depois do primeiro golo do Zenit.

"Acabou por ser um golo que acabou por ditar a nossa eliminação, momento de inspiração do Jimenez. Tivemos algumas oportunidades importantes, o que torna o resultado um pouco injusto".

Golo tardio

"Chegámos ao golo um pouco tarde e o resultado foi traiçoeiro. O Benfica também esteve competitivo".

Controlo emocional

"Faltou algum controlo emocional, para voltar a trocar bem a bola. Ainda tivemos para o 2-0 durante esse período, da nossa parte o Benfica teve uma grande oportunidade na segunda parte".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.