O Benfica recebe na noite desta terça-feira, a partir das 20h00, o Midtjylland, vice-campeão dinamarquês, em partida da 1.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Um encontro aguardado com grande expectativa entre os adeptos do clube da Luz, não só por se tratar do primeiro jogo oficial da época e do primeiro jogo 'a contar' sob as ordens do novo treinador, Roger Schmidt, mas por se tratar de um encontro referente a um dos grandes objectivos da temporada: a presença na fase de grupos da Liga dos Campeões 22/23.

Depois de não ter ido além do 3.º lugar na I Liga 21/22, esta é a terceira temporada consecutiva que o Benfica se vê forçado a ultrapassar as pré-eliminatórias para chegar à tão ambicionada 'Liga Milionária'. Viu-se eliminado em 20/21 pelo PAOK, mas conseguiu deixar pelo caminho Spartak Moscovo e PSV rumo ao apuramento na temporada passada.

Desta feita, o primeiro obstáculo vem da Dinamarca e traz já alguma rodagem. O Midtjtylland afastou o AEK Larnaca na ronda anterior para marcar encontro com as águias nesta fase da competição e leva três jornadas disputadas na Liga dinamarquesa esta temporada. O Benfica, por seu lado, ainda não disputou qualquer jogo oficial, mas o desempenho nos jogos de preparação (bem como as exibições de alguns reforços) deixou 'água na boca' aos adeptos, que esta noite deverão preencher em bom número o Estádio da Luz.

Momento de forma: Benfica com pré-época 100% vitoriosa, Midtjtylland com início de época irregular

O Benfica vai, então, estrear-se em jogos oficiais em 2022/23, mas os sinais são positivos tendo em conta o que equipa agora orientada por Schmidt foi demonstrando na pré-temporada.

Ao todo, as águias disputaram seis encontros de preparação e ganharam...seis. Começaram por bater o Reading por 2-0, antes de vencerem o Nice por 3-0 e o Fulham poor 5-1 para assim conquistarem a Algarve Cup. Depois derrotaram o Girona (4-2) e o Amora (3-1), com um triunfo por 3-2 pelo meio, frente ao Newcastle, na apresentação aos sócios, na Eusébio Cup. Ao todo, 20 golos marcados, seis sofridos e a 'promessa' de uma época bem melhor do que as duas anteriores, com reforços como Alexander Bah, Enzo Fernández ou David Neres a deixarem, desde já, boas indicações.

Benfica com saldo amplamente positivo no acesso à fase de grupos da Champions
Benfica com saldo amplamente positivo no acesso à fase de grupos da Champions
Ver artigo

Quanto ao Midjtylland, apesar de levar já cinco jogos oficiais disputados esta época, ainda só somou uma vitória (no fim de semana passado, por esclarecedores 5-1 no terreno do Odense, em jogo da 3.ª jornada da Liga dinamarquesa, onde ocupa agora o 5.º lugar).

Antes deste triunfo, um empate e uma derrota nas duas primeiras jornadas da Liga e dois empates (antes da vitória no desempate por penáltis) ante o Larnaca na 2.ª pré-eliminatória da Champions. Foram quatro jogos sem vitórias nos quatro primeiros jogos da época que ditaram mesmo o afastamento do treinador Bo Henriksen. Henrik Jensen assumiu, interinamente, o leme da equipa e levou-a no sábado à tal primeira vitória da época.

Histórico de encontros: Benfica nunca perdeu com equipas dinamarquesas, Midtjylland ganhou ao Braga na época passada

Este vai ser o 15.º encontro do Benfica contra adversários da Dinamarca em jogos de provas de clubes da UEFA. E as águias não perderam nenhum dos anteriores 14.

Efetivamente, o registo do Benfica ante formações dinamarquesas é amplamente positivo: 12 vitórias, dois empates. A jogar em casa, então, o registo do clube da Luz é mesmo 100 por cento vitorioso: em sete receções a equipas vindas da Dinamarca, o Benfica ganhou sete, marcando 16 golos e sofrendo apenas três.

Curiosamente, os últimos duelos do Benfica contra um clube da Dinamarca ocorreram também numa 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Foi em 2007, contra o Copenhaga, e as águias, entãoo orientadas por Fernando Santos, venceram por 2-1 em casa (com um bis do agora presidente Rui Costa) e 1-0 na capital dinamarquesa, graças a um golo do grego Kostas Katsouranis.

Já o Midtjylland vai enfrentar uma formação portuguesa pela sétima vez na história e até venceu na última vez em que tal aconteceu, quando a jogar em casa bateu o Braga por 3-2 na fase de grupos da edição da época passada da Liga Europa.

Essa foi, contudo, a única vitória ante emblemas lusos. Antes, o Midtjylland perdeu em Braga na primeira volta e em 2011 tinha sido afastado da Liga Europa pelo V.Guimarães (empate 0-0 em casa, derrota 1-2 no D.Afonso Henriques). Em 2001, no primeiro duelo com uma equipa portuguesa, perdeu em casa (3-0) e fora (3-2) com o Sporting, em partida da primeira eliminatória da Taça UEFA.

 O que dizem os treinadores

Roger Schmidt, treinador do Benfica:

"Respeitamos muito o Midtjylland, são uma excelente equipa, mas estamos prontos a lutar nestes dois jogos e passar à fase seguinte. Amanhã temos de mostrar a mesma coragem e atitude que mostrámos nos amigáveis. Espero que a presença dos adeptos nos ajude amanhã e espero que o estádio esteja cheio."

Henrik Jensen, treinador interino do Midtjylland:

"Claro que o Benfica é o favorito para este jogo. Basta ver a dimensão do clube e os jogadores que tem. O futebol dinamarquês já fez milagres e lembro-me de alguns. Cabe-nos a nós criar situações para que o jogo se decida na Dinamarca. Faremos tudo o que é possível para causar surpresa esta terça-feira", afirmou.

O árbitro

O espanhol Alejandro Hernández vai apitar a receção do Benfica ao Midtjylland, da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Alejandro Hernández, de 39 anos, é internacional desde 2014, e vai apitar pela primeira vez um encontro das ‘águias’, sendo auxiliado pelos compatriotas José Naranjo e Diego Sánchez Rojo. José Luis Munuera será o quarto árbitro.

Só por uma vez no passado Alejandro Hernández dirigiu jogos de equipas portugesas nas provas da UEFA. Foi em 2019, quando apitou uma vitória do SC Braga na Turquia sobre o Besiktas, a contar para a fase de grupos da Liga Europa.

Benfica e Midtjylland entram em campo a partir das 20h00 no Estádio da Luz. Poderá acompanhar aqui, AO MINUTO, todas as incidências do encontro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.