Segundo classificado do Grupo E, com quatro pontos, o Benfica recebe esta quarta-feira, a partir das 20h00, o líder Bayern, que assim regressa ao palco onde ergueu o troféu de campeão europeu em Agosto de 2020.

O conjunto bávaro procura a terceira vitória em três jogos no grupo, após bater fora o Barcelona (3-0) e em casa o Dínamo de Kiev (5-0), enquanto o Benfica empatou a zero em Kiev na primeira jornada, impressionando depois na ronda seguinte, com um triunfo concludente (3-0) na recepção ao Barcelona.

Um triunfo permitirá às 'águias' ascenderem à liderança da tabela classificativa e darem um passo de gigante com vista a passagem aos oitavos de final, mas a tarefa não se adivinha nada fácil perante o crónico campeão alemão, que atravessa uma série recorde de 19 jogos sem perder fora de portas na Liga dos Campeões e a quem os 'encarnados' nunca venceram.

Histórico de encontros:  Águias não costumam ser felizes frente ao gigante da Baviera

Este será o 11.º encontro entre Benfica e Bayern em provas da UEFA e a formação portuguesa não venceu nenhum dos dez anteriores. A última vez que se cruzaram foi em 2018/19, também na fase de grupos da UEFA Champions League. O Bayern venceu por 2-0 em Lisboa, na ronda inaugural, graças a golos de Robert Lewandowski e Renato Sanches. Lewandowski marcou, depois, mais dois golos na vitória por 5-1 na quinta ronda, em Munique, com Arjen Robben também a bisar e Franck Ribéry a apontar o outro golo do Bayern; Gedson Fernandes marcou, pelo meio, o tento de honra do Benfica.

Os outros embates entre os dois clubes foram em eliminatórias, com o conjunto bávaro a seguir sempre em frente. Nos quartos-de-final da campanha vitoriosa rumo à conquista da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1975/76, o Bayern empatou 0-0 em Lisboa antes de golear em Munique por 5-1. Depois, novamente para a Taça dos Campeões, na segunda eliminatória da edição de 1981/82, novo nulo em Lisboa e nova goleada em Munique (dessa feita, 4-1).

Na terceira eliminatória da Taça UEFA de 1995/96, Jürgen Klinsmann foi o destaque, ao marcar os quatro golos da vitória caseira do Bayern por 4-1, na primeira mão, bisando depois na vitória por 3-1 em Lisboa e, mais recentemente, nos quartos-de-final da UEFA Champions League de 2015/16, o Bayern também seguiu em frente, mas o equilíbrio foi mais acentuado: triunfo bávaro por 1-0 em Munique e empate 2-2 na Luz. Quer isto dizer que, em dez jogos contra o gigante da Baviera, o Benfica somou três empates e sete derrotas (três empates e duas derrotas a jogar em casa).

Momento de forma: Apenas uma derrota para cada lado em 2021/22

Benfica e Bayern Munique entram neste encontro como líderes dos respetivos campeonatos. O Benfica lidera a I Liga portuguesa com 21 pontos em oito jornadas, mais dois do que os mais diretos perseguidores, FC Porto e Sporting. O Bayern ocupa o primeiro lugar da Bundesliga com 19 pontos em oito jogos, mais um do que o Borussia Dortmund.

Na presente temporada, 'águias' e 'bávaros' só perderam por uma vez: o Benfica viu-se derrotado pelo Portimonense na 8.ª jornada da I Liga, depois de sete vitórias seguidas, enquanto o Bayern perdeu por 2-1 em casa frente ao Eintracht Frankfurt na Jornada 7 da Bundesliga.

Má notícia para o Benfica é a série de resultados que o Bayern atravessa fora de porta nas provas europeias. A última derrota do Bayern fora nas competições europeias foi por 3-0 em Paris, na primeira jornada da UEFA Champions League 2017/18. O seu registo desde então é de 15 vitórias e quatro empates. O Bayern é também a equipa mais concretizadora nesta fase de grupos, a par do Liverpool, com oito golos marcados.

O Benfica, por seu lado, não perde há nove jogos europeus em Lisboa, nos quais somou sete vitórias e dois empates, tendo vencido os últimos quatro. A última derrota caseira na Europa, porém, foi contra uma equipa alema, o Leipzig, por 2-1, na primeira jornada da UEFA Champions League 2019/20. Foi o único desaire das 'águias' nos seus últimos 15 jogos europeus caseiros.

As equipas: Rafa de regresso no Benfica, Davies de fora no Bayern

Jorge Jesus confirmou na conferência de imprensa de antevisão ao encontro que Rafa, que ficou de fora dos compromissos da Seleção Nacional e do embate da Taça de Portugal com o Trofense, está apto e deverá jogar com o Bayern, tendo participado sem limitações no treino de terça-feira. Lesioados estão Seferovic, Rodrigo Pinho, Valentino Lázaro, Gedson Fernandes e Gil Dias.

Do lado do Bayern, Alphonso Davies (com uma lesão na coxa) e Goretzka (com gripe) são baixas confirmadas.

O que dizem os treinadores

Jorge Jesus, treinador do Benfica

"Temos consciência dos adversários que nos calharam nesta fase de grupos e amanhã vamos defrontar uma equipa que é considerada a mais forte do Mundo. Também penso da mesma maneira, não porque tenha os melhores jogadores - o PSG é que tem melhores - mas pela sustentabilidade que tem entre o trabalho técnico, tático, a ideia de jogo defensiva e ofensiva, que é diferente do que todas as outras"

Julian Nagelsmann, treinador do Bayern

"O Benfica é uma grande equipa de Portugal e tem tudo para amanhã [quarta-feira] jogar bom futebol e causar-nos problemas. Não penso que o Benfica tenha medo de nós. Vai atuar num estádio cheio com os seus adeptos. Além disso, o Benfica tem jogadores com experiência e um treinador com muita experiência"

O árbitro: médico romeno dirige o encontro

Ovidiu Hategan foi o árbitro nomeado pela UEFA para dirigir o Benfica-Bayern Munique desta quarta-feira. Licenciado em medicina, o árbitro romeno já dirigiu as 'águias' em três ocasiões no passado. Esteve num empate 0-0 com o Galatasaray na Liga Europa 2018/19, numa derrota por 2-1 frente ao Atlético de Madrid, em 2015/16, e numa vitória por 3-2 sobre o Bordéus na Liga Europa de 2012/13.

Benfica e Bayern entram em campo no Estádio da Luz a partir das 20h00 desta quarta-feira. Poderá seguir aqui, AO MINUTO, todas as incidências do encontro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.