O Bayern Munique vence o Benfica ao intervalo, com um golo de Robert Lewandowski ao minuto 9.

Como seria de prever, a formação bávara entrou com mais bola, face a um Benfica que tentava pressionar, mas sem ameaçar a baliza de Neuer. Robben deu o primeiro aviso (5’), Lewandowski materializou a superioridade dos bávaros pouco tempo depois: Ribéry tocou para Alaba pela esquerda, cruzamento rasteiro para o coração da área, com o avançado polaco a tirar um adversário da frente e a atirar rasteiro para o primeiro da noite.

O Bayern continuou a pressionar alto a formação de Rui Vitória e o 2-0 só não aconteceu ao minuto 14 graças à intervenção de Vlachodimos: Robben apareceu isolado na cara do guarda-redes alemão, mas este saiu bem a fazer a mancha. O guardião dos ‘encarnados’ voltou a mostrar serviço aos 16’, desta feita a travar o remate de Ribéry.

A equipa de Rui Vitória tentava reagir da forma que podia, mas faltava-lhe o instinto matador do seu adversário. Aos 21’, Salvio aproveitou um mau alívio de Hummels e tentou o remate no imediato em zona frontal, mas a bola saiu bem por cima da baliza. O argentino voltaria a falhar ao minuto 28, naquela que foi a melhor jogada do Benfica até ao momento: bom trabalho do extremo na área, a rematar de primeira para a defesa apertada de Neuer.

Aos 39’, Rúben Dias perde a bola para Ribéry, o francês lança rapidamente Robben que, à entrada da área e na cara de Vlachodimos, remata de primeira para a defesa do alemão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.