O Bayern Munique processou o responsável pelo órgão disciplinar da União Europeia de Futebol (UEFA) e outro funcionário, após notícias que davam a dupla como responsável pelas alegações de corrupção contra o clube alemão.

Os dirigentes bávaros apresentaram queixas-crime contra Peter Mimacher e Robin Boksic devido à publicação de uma reportagem na revista germânica Stern, na qual aqueles responsáveis seriam fontes das suspeitas de que a máfia russa tinha manipulado as meias-finais da Taça UEFA entre o Bayern e o Zenit São Petersburgo, em 2008.

O secretário geral da UEFA, Gianni Infantino, afirmou que o Bayern estava a “exagerar” e negou que a entidade que gere o futebol europeu tivesse suspeitas sobre o campeão alemão e o vice-campeão europeu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.