Renato Sanches voltou a pisar o relvado da Luz e recebe uma tremenda ovação. O médio do Bayern Munique, formado no clube da Luz, foi mesmo muito ovacionado quando marcou o segundo golo dos alemães. Renato não festejou, pediu desculpas, e a Luz respondeu com uma enorme salva de palmas. Rúben Dias fez questão de lembrar, na zona de entrevistas rápuidas, que ainda há uns anos jogavam um contra o outro no Seixal... e agora estão na montra do futebol mundial.

Veja as melhores imagens do jogo

Análise ao jogo: "Sabíamos que íamos defrontar equipa muito forte, mas não foi isso que nos baixou a ambição. Durante o jogo fomos sentindo que podíamos marcar, mas resume-se à eficácia - eles marcaram nos tempos certos. Procurámos dar a resposta, mas não conseguimos. Agora é continuar e seguir em frente.

Luta o grupo será a três? "O grupo tem quatro equipas e a luta será a quatro. Vamos até ao fim e depois fazem-se as contas», disse à TVI no final da partida."

Reencontro com Renato: "Foi muito especial. Ainda há poucos anos jogamos um contra o outro num jogo treino no Seixal e agora defrontamo-nos num jogo de Champions na Luz. É muito especial e estamos felizes por nos termos reencontrado".

Cervi: "Segundo golo veio num momento em que começávamos a ter confiança"

Franco Cervi também falou aos jornalistas, lamentando que o Benfica tivesse sofrido o segundo golo quando estava a crescer no jogo.

Como analisa o jogo: "Fizemos um grande trabalho, pressionamos bem na zona alta do campo e acho que também tivemos ocasiões para marcar. O Bayern tem qualidade e acabaram por marcar, algo que nós não fizemos".

Comentário ao golo de Renato: "O Benfica estava mais forte, estávamos a pressionar bem antes do 2-0 e pensamos que podíamos marcar. Depois chegou o segundo golo num momento em que começávamos a ter confiança. Agora temos que continuar a trabalhar".

O Benfica perdeu esta quarta-feira em casa com o Bayern Munique, por 2-0, em jogo da primeira jornada do Grupo E da Liga dos Campeões de futebol.

Os golos dos bávaros foram apontados pelo polaco Robert Lewandowski (10 minutos) e pelo português Renato Sanches (54), que se estreou a marcar pelo campeão alemão, para o qual se transferiu do Benfica em 2016/17.

O Ajax lidera o grupo, a par com o Bayern, depois de ter vencido em casa o AEK Atenas, por 3-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.