O Benfica venceu na noite desta terça-feira os franceses do Lyon, em jogo do grupo G da Liga dos Campeões. Rafa Silva e Pizzi fizeram os golos dos encarnados, Depay marcou para a equipa de Rudi Garcia.

O Benfica entrou nesta receção aos franceses do Lyon com o pé direito e logo aos quatro minutos de jogo fez levantar as bancadas do Estádio da Luz. Depois de alguma confusão na entrada da área francesa com Gedson a tentar servir Cervi, o argentino acabou por fazer a bola chegar a Rafa, que atirou cruzado para o primeiro golo da partida.

Este foi o primeiro golo de Rafa Silva na Liga dos Campeões, ao 13º jogo na liga milionária, e o tento mais rápido do Benfica na competição desde 2015, quando Gaitán marcou ao Galatasaray ao segundo minuto de jogo.

Depois de algumas jogadas, de ambas as equipas, sem grande perigo, foi a vez do Lyon ameaçar a baliza de Vlachodimos. Aos 29 minutos de jogo, Cornet apareceu na cara de Odysseas e disparou, mas para alegria dos encarnados, Grimaldo fez um grande corte e evitou o golo dos franceses.

Ainda na primeira parte o Benfica voltou a aproximar-se com perigo da baliza de Anthony Lopes. Tomás Tavares cruzou rasteiro e Seferovic surgiu a atirar de primeira, mas a bola saiu por cima da trave.

A primeira parte deu apenas um remate enquadrado à baliza e foi o do golo dos encarnados, todos os restantes foram desenquadrados, mas o Benfica ia assim com vantagem para o intervalo - algo que não acontecia há cinco jogos.

Aos 56 minutos de jogo, os franceses fizeram tremer as bancadas do Estádio da Luz com um tiro de Tousart, mas Rúben Dias aparaceu para cortar de cabeça quando a bola ia na direção da baliza e evitou assim o golo do Lyon.

Aos 64 minutos, a história repetiu-se. Cornet passou pela defesa encarnada e, embora Ferro ainda tenha conseguido cortar em última instância, a bola foi à barra, enquanto Odysseas estava batido.

E à terceira foi de vez. Um cruzamento de Traoré pela direita lançou Depay, que ao segundo poste apenas precisou de encostar para o golo do empate. Menos de dez minutos depois, quando o marcador contava 79 minutos de jogo, Depay esteve ainda perto de 'bisar' com um remate em arco, mas Odysseas Vlachodimos 'voou' para uma grande defesa e evitou a o segundo do Lyon.

Aos 82 minutos foi a vez do Benfica voltar a assustar. Pizzi conseguiu espaço na entrada da área francesa e disparou ao poste esquerdo de Anthony Lopes. No mesmo minuto, o internacional português chegou ao desejado segundo golo dos encarnados. Um erro de Anthony Lopes, que colocou mal a bola em Traoré, levou Pizzi a antecipar-se e a atirar de primeira para o segundo golo do Benfica.

Estava feito o primeiro golo de Pizzi na Liga dos Campeões, aos 34º jogo do médio da competição e o 11º primeiro golo nesta temporada (em todas as competições).

Com esta vitória, os encarnados passam a somar três pontos no grupo G da Liga dos Campeões, mantendo-se no último lugar. Leipzig lidera com seis pontos, Zenit e Lyon têm quatro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.