O Benfica tenta hoje a qualificar-se para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, procurando uma vitória na receção ao Nápoles que lhe permita vencer o Grupo H e manter-se a salvo do perseguidor Besiktas.

O tricampeão nacional tem vantagem no confronto direto com os turcos, devido ao maior número de golos marcados fora (3-3, contra o empate 1-1 em casa) e até pode perder com os italianos e seguir para a fase seguinte, desde que o Besiktas não ganhe no estádio do ‘lanterna-vermelha’ Dínamo de Kiev.

O triunfo sobre o Nápoles, com o qual está em igualdade – ambos com mais um ponto do que o Besiktas -, isola o Benfica no primeiro lugar do grupo, mas mesmo o empate ou a derrota só relegarão os lisboetas para o terceiro lugar e a consequente despromoção à Liga Europa caso os turcos se imponham na Ucrânia.

O Nápoles, que venceu em casa os ‘encarnados’ por 4-2, também não tem ainda o apuramento assegurado, mas o empate no Estádio da Luz é suficiente para o confirmar e até a derrota pode manter os transalpinos na competição, desde que o Besiktas saia derrotado de Kiev.

Equipas titulares:

Benfica: Ederson Moraes; Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, André Almeida; Fejsa; Salvio, Pizzi, Franco Cervi; Gonçalo Guedes, Raúl Jiménez

Nápoles: Pepe Reina; Hysaj, Raúl Albiol, Koulibaly, Ghoulam; Allan, Diawara, Hamsik; José Callejón, Gabbiadini, Lorenzo Insigne.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.