O internacional português do Manchester City Bernardo Silva negou hoje ansiedade na sua equipa para conquistar o título inédito da Liga dos Campeões de futebol, mas admitiu sentir-se um ambiente de “pressão boa, de ganhar”.

“Ansiedade, acho que não temos, mas pressão sim. A pressão boa, de ganhar, porque estamos nos momentos importantes. Queremos tê-la porque queremos títulos”, afirmou, em conferência de imprensa, na véspera da receção ao Atlético Madrid, da primeira mão dos quartos de final da ‘Champions’.

O futebolista luso considerou tratar-se de uma partida “muito difícil”, porque as equipas se conhecem e estão habituadas “a jogar desafios onde a pressão é muito alta”.

“É uma equipa muito agressiva, com e sem bola, que não nos vai dar muito espaço”, anteviu, referindo-se aos ‘colchoneros’, nos quais milita o colega de seleção João Félix.

Bernardo Silva defendeu que os ‘citizens’ estão agora “mais bem preparados para estes momentos do que antes”, devido a “uma questão de experiência” e ao facto de o treinador catalão Pep Guardiola já levar seis anos ao comando, com os jogadores a saberem “o que fazer nos bons e nos maus momentos”.

“Não sabemos o que esperar. Se nos vão pressionar muito alto ou se vão ficar atrás. Não espero um jogo aberto. Não é o que o Atlético costuma fazer. As equipas inglesas não jogam como eles e isso vai ser o mais difícil”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.