O Manchester United sofreu a primeira derrota nesta edição da Liga dos Campeões, no terreno do Basaksehir (2-1), e falhou a oportunidade de saltar para a liderança isolada do grupo H.

Bruno Fernandes foi um dos mais inconformados nos 'red devils', mas não escapou às críticas da imprensa desportiva inglesa.

"Uns primeiros 55 minutos relativamente tranquilos para o português, antes de cobrar um livre um pouco polémico a 25 metros da baliza, altura em que Rafael fez um desarme contundente. A contratação de janeiro ainda tentou dar um sinal para mudar o rumo dos acontecimentos, mas esteve com pouca intensidade e muito central para causar quaisquer danos à baliza do Basaksehir. Deu a sensação de que estava a esforçar-se demasiado para fazer algo acontecer do nada, especialmente com movimentações desnecessárias e passes de Hollywood durante todo o jogo", escreveu o 'The Sun'.

"Falhou muito com bola e colocou Juan Mata em apuros momentos antes da finalização de Visca. Está a ter demasiadas folgas", analisou o Manchester Evening News.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.