“Eu penso, sinceramente, que joguei a bola, mas Marchionni tocou-me no pé e o árbitro (Olegário Benquerença) decidiu que eu tinha cometido falta”.

Esta vitória permitiu à Fiorentina apurar-se para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, juntamente com o seu adversário desta noite, o Lyon, que já se tinha qualificado na jornada anterior.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.