A Roma eliminou hoje surpreendentemente o FC Barcelona nos quartos de final da Liga dos Campeões em futebol, ao vencer em casa por 3-0, em encontro da segunda mão, depois do desaire em Espanha por 4-1.

O bósnio Edin Dzeko, aos seis minutos, Daniele De Rossi, aos 58, de grande penalidade, e o grego Manolas, aos 82, apontaram os tentos da formação transalpina.

No final do jogo, o treinador do Barcelona, Ernestro Valverde, assumiu que a eliminação do clube catalão da Liga dos Campeões foi um duro golpe e que resta agora aos 'culés' lutar pelos dois troféus que restam.

"É uma derrota dolorosa, não há dúvida. Tínhamos ilusão de poder vencer a Champions mas só um pode ganhar e os outros ficam pelo caminho. Aconteceu de forma inesperada mas temos de levantar a cabeça. Temos de aguentar porque vêm aí dias duros e temos de ganhar os dois troféus que restam", afirmou Valverde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.