Se faltavam golos à equipa de Nuno Espírito Santo, estes apareceram em catadupa esta noite no Dragão.

“O primeiro objetivo nesta competição era entrarmos na fase de grupos. Isso foi alcançado diante da Roma, um adversário de peso. Não começámos bem a fase de grupos, mas agora finalizámos de acordo com o que pretendíamos. Estamos entre as 16 melhores equipas da Europa e é motivo de orgulho para todos”, destacou o treinador dos Dragões em declarações à Sport TV.

“Sofremos para vencer no campeonato com o SC Braga, mas foi uma vitória justa. Hoje foi diferente porque marcámos e pudemos jogar o futebol que queremos sem a necessidade imperiosa de vencer, por isso as coisas saíram mais fáceis. A equipa, apesar da juventude, demonstrou maturidade perante a importância deste jogo. Estamos a crescer, a melhorar e hoje conseguimos”, referiu.

O FC Porto garantiu esta quarta-feira a presença nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões com uma notável goleada por 5-0 na receção ao campeão inglês Leicester. André Silva 'bisou' no encontro, Corona, Brahimi e Diogo Jota fizeram os restantes golos dos 'dragões'.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.