O Sporting de Braga fez história esta noite ao conseguir entrar na restrita e “luxuosa” montra da Liga dos Campeões. Domingos Paciência é o comandante desse feito e logo após o encontro em que derrotou, novamente, o Sevilha (4-3), em declarações à flash interview da RTPN, espera que os próximos adversários sejam “os grandes, porque são poucas as oportunidades de jogar com um Manchester United ou um Real Madrid”.

“Chegámos aqui como pequeninos e já estamos mais crescidos uns centímetros. Agora na fase de grupos preferia equipas grandes, como um Manchester United ou o Real Madrid, porque são poucas as oportunidades, tanto para mim como treinador como para os meus jogadores, jogar contra grandes equipas. Mas não vamos entrar em deslumbramentos, até porque nunca nos foi imposto ganhar a Champions”, afirmou o técnico bracarense, sublinhando que “a equipa pode fazer coisas mais bonitas”.

No que ao jogo com o Sevilha diz respeito, Domingos Paciência frisou que o Sporting de  Braga “anulou bem os espaços” ao Sevilha e que se houvesse “três ou quatro situações só com o guarda-redes pela frente o Braga não ia falhar, que foi o que aconteceu”.

Domingos lembrou ainda que a Liga dos Campeões não é uma prioridade dos arsenalistas e que o campeonato continua a estar no topo da lista:

"Já tive oportunidade de dizer que o quarto lugar é o nosso objectivo para esta época, mas trabalho todos os dias com o objectivo de o Braga poder vir a comemorar um título."

O Sporting de Braga qualificou-se esta terça-feira para a fase de grupos da Liga dos Campeões, pela primeira vez, ao vencer no reduto do Sevilha por 4-3. No primeiro jogo o resultado também tinha sido favorável aos minhotos, por 1-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.