A família do futebolista internacional belga Jan Vertonghen, do Totttenham, foi feita refém em Londres na terça-feira à noite, num assalto sob ameaça de faca, enquanto o jogador disputava na Alemanha um jogo da Liga dos Campeões.

A informação foi hoje avançada pela polícia britânica, revelando que quatro homens encapuzados, munidos de facas, entraram na casa do jogador e levaram vários objetos de valor, numa situação em que estavam presentes a mulher e os dois filhos de Vertonghen.

A situação aconteceu pouco antes do início da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, em que o Tottenham, treinado por José Mourinho, perdeu por 3-0 em Leipzig, na Alemanha, e foi eliminado da competição.

O jogador belga, de 32 anos, foi suplente não utilizado, mas apenas soube do incidente após o jogo.

"Estamos a apoiar o Jan e a sua família durante este período terrivelmente traumatizante. Encorajamos todos os que possam ter informações a prestar auxílio à polícia, no âmbito do inquérito", referiu o clube inglês.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.