O Fenerbahçe, treinado pelo português Vítor Pereira, enviou à UEFA um protesto contra a utilização do futebolista brasileiro Fred, do Shakhtar Donetsk, que acusou uma substância dopante, revelou hoje a AFP citando o clube turco.

O atleta foi utilizado na partida de terça-feira, que opôs o Fenerbahçe aos ucranianos, a contar para a primeira mão da pré-eliminatória da Liga dos Campeões, que terminou empatada 0-0.

O brasileiro de 22 anos acusou positivo em análise antidoping realizada durante a Copa América, na qual esteve ao serviço do seu país.

Segundo a agência francesa, o Fenerbahçe anunciou ter já recebido uma carta da UEFA a informar que o protesto do clube turco já deu entrada e que será aberto um inquérito disciplinar para averiguar o caso.

Enquanto aguarda pelos resultados da investigação, o clube turco, no qual alinham os portugueses Raúl Meireles, Nani e Bruno Alves, prepara a partida da segunda mão, que se realiza na próxima quarta-feira, na Ucrânia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.