Hélio Pinto, Paulo Jorge e Nuno Morais são os três portugueses que hoje podem carimbar o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. O Apoel perdeu fora na primeira mão com FC Copenhaga, por 1-0, mas para Hélio Pinto nada está perdido.

"A equipa está confiante e vamos dar o melhor para passar esta eliminatóira. Nós em casa somos muito fortes, esperamos um jogo difícil mas estamos confiantes."

Em declarações ao Sapo Desporto, o atleta português afirmou que a pressão dos adeptos não o deixam adormecer e que os objectivos no clube são sempre ganhar o campeonato e Taça do Chipre, "O primeiro objectivo é nós podermos passar para a fase de grupos, lutamos sempre pelos títulos de campeão e pela Taça do Chipre. A ambição continua a ser a mesma, os adeptos não deixam nos adormecer."

Em final de contrato com o Apoel, Hélio Pinto confessou ter tido algumas ofertas este ano mas manifestou o desejo de terminar o contrato no clube cipriota, "Recebi propostas este verão mas não foram aliciantes, para já este é o meu último ano de contrato e depois logo se verá."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.