O Barcelona vai reencontrar o Chelsea na próxima fase da Liga dos Campeões, e Andrés Iniesta assumiu que uma das suas melhores memórias enquanto jogador foi a eliminação dos 'blues' nas meias-finais da prova em 2009.

De acordo com o sorteio da UEFA, o Barcelona defronta o Chelsea em Stamford Bridge na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões no próximo dia 20 de fevereiro, num jogo que será uma reedição do jogo da segunda mão das meias-finais da prova de 2009. Na altura, o Barcelona garantiu uma presença na final da Liga dos Campeões com um empate em Londres apesar dos protestos dos jogadores do Chelsea para uma série de grandes penalidades não assinaladas pelo árbitro norueguês Tom Henning Ovrebo.

Em declarações citadas pela agência France Press, Iniesta recordou com agrado a eliminatória de 2009 que conduziu o Barcelona a uma época histórica, com a conquista da Liga dos Campeões, Liga espanhola e Taça do Rei.

"Quando me lembro desse jogo vêem-me à memória óptimas memórias, algumas das quais considero terem sido as melhores que já experienciei enquanto jogador. A primeira coisa que me veio à mente após o sorteio foi para o facto que será uma eliminatória difícil e muito disputada frente a uma forte equipa em todos os sentidos", disse Iniesta.

Ainda a recuperar de uma lesão, o médio espanhol do Barcelona assume que pretende o mais rápido possível à competição de forma a ajudar a equipa nos próximos desafios frente ao Deportivo da Corunha e Real Madrid.

"Estou mais ou menos bem. Se estivésse completamente em forma estaria a treinar com a equipa. Não foi propriamente uma lesão, foi mais uma pequena dor. Espero regressar para o jogo de domingo com o Deportivo da Corunha e estou optimista em relação ao próximo fim-de-semana e o próximo em que há um 'clássico'", sentenciou Iniesta.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.