Tottenham e Inter de Milão chegavam a este jogo nos dois primeiros lugares do grupo com os mesmos quatro pontos somados, nos dois encontrados já disputados da fase de grupos. Neste primeiro confronto entre as duas equipas estava em causa a liderança do Grupo A.

O Inter de Milão começou o jogo praticamente na frente do marcador. Aos dois minutos, Javier Zanetti marcou o primeiro golo da partida. 

Seis minutos depois, o guarda-redes do Tottenham, Heurelho Gomes, derrubou, dentro da área, o jogador do Inter de Milão, Jonathan Biabiany. O árbitro da partida não teve dúvidas e expulsou Heurelho Gomes e apontou para a marca da grande penalidade.Samuel Eto’o converteu com sucesso o penalti e, assim, aos 11 minutos o Inter já vencia por 2-0 e a equipa forasteira estava reduzida a dez unidades.

Foram precisos apenas mais três minutos para que a equipa comandada por Rafa Benítez voltasse a marcar. Desta vez foi Stankovic que fez balançar as redes do Tottenham e colocou o resultado em 3-0.

Ainda no primeiro tempo, Samuel Eto’o transformou o resultado em goleada fazendo o 4-0. Os adeptos “nerazzurri” estavam efusivos e só queriam mais golos. Contudo, Gareth Bale refriou a onda de euforia ao reduzir para 4-1 aos 37 minutos.

Mais golos só surgiram sob o minuto 90 e novamente por Gareth Bale. O jovem galês marcou em dois minutos, dois golos e fez tremer a equipa de Rafa Benítez. Felizmente já não havia mais tempo e o árbitro deu o jogo por terminado.

Apesar de ter jogado o encontro praticamente todo com apenas 10 jogadores, o Tottenham deu em San Siro uma prova de força e de querer.

Com este resultado (4-3), o Inter assegura a liderança isolada com sete pontos, já a formação britânica está no segundo posto com quatro pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.