Um golo de Salvio, na transformação de uma grande penalidade, vai dando vantagem ao Benfica sobre o Dinamo Kiev na Ucrânia, em jogo da 3.ª jornada do Grupo B da Liga dos Campeões.

Para este jogo na Ucrânia, Rui Vitória apostou manteve Luisão no onze, ele que se estreia esta época na Champions. Pizzi recuou para o meio, entrando Cervi e Gonçalo Guedes para o onze, formando o quarteto atacante com Salvio e Mitroglou.

Os ´encarnados` entraram melhor no jogo, ocupando sempre bem os espaços, tapando os caminhos para a sua baliza. Na primeira incursão com perigo, Antunes cometeu uma infantilidade e derrubou Gonçalo Guedes na área. O árbitro espanhol David Fernandez Borbalan não teve dúvidas e marcou penálti que Salvio converteu. O argentino leva já dois golos em três jogos na Liga dos Campeões, ele que já tinha marcado aos Nápoles.

O Dinamo vai tentando responder mas está a ter dificuldades em ligar o seu jogo. Das vezes que conseguiu passar a zona de pressão do Benfica no meio-campo, criou perigo. Antunes testou a atenção de Ederson num remate de longe aos 11, Dérlis Gonzalez, ex-Benfica cabeceou por cima aos 25 quando estava em boa posição.

O Benfica precisa de ter atenção a Yarmolenko, jogador que está a dar muitas dores de cabeça a Grimaldo. O médio ucraniano tem tentado levar a equipa para a frente.

No outro jogo do grupo, o Besiktas vai vencendo o Nápoles por 2-1. Um resultado que não agrada em nada ao Benfica.

Acompanhe o jogo no SAPO Desporto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.