Rui Costa sabe da importância de uma vitória em França, em jogo da terceira jornada da Liga dos Campeões.

“Vai ser um jogo complicado, de importância extrema, apesar de não ser decisivo para as contas da Liga dos Campeões. Não vai fechar as contas. Mas pontuar deixa-nos numa situação mais favorável”, disse à Benfica TV.

O director desportivo do Benfica teme a “a grande experiencia” do adversário na prova milionária da UEFA.

“Os seus jogadores são batidos nesta competição. Era o cabeça-de-série e o adversário de maior renome no sorteio. Vimos de uma derrota da Alemanha e, inevitavelmente, teremos de fazer melhor. Queremos sair de lá com um resultado positivo”, referiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.