A equipa comandada por Paulo Bento não se intimidou com o ambiente do estádio Artémio Franchi, nem se mostrou incomodada com o estado do relvado. Isso pareciam pequenas contrariedades face à vontade leonina de vencer a partida.

As oportunidades sucederam-se no primeiro tempo, principalmente cada vez que surgia um livre perto da área da Fiorentina.

O primeiro a tentar a sua sorte foi Matias Fernández aos 14 minutos. O chileno rematou forte para uma boa intervenção de Frey.

Depois aos 25 minutos foi Miguel Veloso a cobrar um livre na direita que o guardião da Fiorentina afastou com os punhos.

À terceira foi de vez. Aos 35 minutos, o capitão leonino, João Moutinho, marcou exemplarmente um livre à entrada da área descaído para esquerda e fez o primeiro da partida para o Sporting. A vantagem justificava-se perante a exibição dos leões.

Contudo na segunda parte tudo mudou. A equipa italiana apareceu transfigurada muito por culpa da entrada de Jovetic. Aos 53 minutos, o jovem montenegrino bailou sobre Pedro Silva e rematou rasteiro, junto ao poste direito da baliza defendida por Rui Patrício, fazendo o golo do empate. Com este resultado a Fiorentina passava para a frente da eliminatória. 

A partir daí, Paulo Bento decidiu pôr a “carne toda no assador”, tendo até Tonel jogado como ponta-de-lança, mas a verdade é que faltou sempre discernimento e objectividade aos jogadores leoninos.

Paulo Bento e companhia rumam agora à Liga Europa, deitando borda fora perto de sete milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.