A Juventus recebeu esta terça-feira o Ajax para a segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões. Depois de um empate a uma bola em Amesterdão, os holandeses foram a Turim para acabar com o sonho da Vecchia Signora.

O Ajax foi a Itália mostrar porque tem sido uma das surpresas desta edição da Liga dos Campeões. Os holandeses mostraram garra e não deram espaço aos italianos da Juventus, embora os italianos mostrassem mais iniciativa, o que acabou por se traduzir no primeiro golo do encontro, que chegou por intermédio de Cristiano Ronaldo.

Aos 28 minutos de jogo, na sequência de um canto, o internacional português de 34 anos marcou de cabeça para o fundo da baliza dos holandeses. O tento ainda foi verificado pelo VAR, mas acabou por ser validado.

A felicidade da Juventus não durou muito tempo e seis minutos depois foi a vez do Ajax fazer o golo. Van de Beek aproveitou um erro defensivo dos italianos para restabelecer a igualdade no marcador.

Aos 67 minutos de jogo, Di Ligt fixou o marcador para os holandeses, que conseguiram o feito inédito de tirar a Juventus (e Cristiano Ronaldo) da liga milionária.

Aos 80 minutos, Ziyech ainda fez o terceiro para o Ajax, mas o VAR anulou o golo por posição irregular dos holandeses. Ao cair do pano, a Juventus reclamou um penálti por assinalar por alegada mão na bola de um dos jogadores do Ajax, mas o VAR nada assinalou. Estava assim terminado o jogo, com 2-1 no marcador.

Ao longo dos 90 minutos a equipa do Ajax foi superior aos italianos da Juventus e comprovou que tem uma formação de qualidade e que pode dar cartas nas competições europeias. Os holandeses tiveram mais posse de bola e estiveram sempre atentos aos erros dos homens de Allegri.

O Ajax, que regressa 22 anos depois às meias-finais, vai defrontar o vencedor da eliminatória entre o Manchester City e o Tottenham, que se defrontam na quarta-feira, com os 'spurs' a defenderem uma vantagem de 1-0.

Do outro lado, Cristiano Ronaldo não falhava uma meia-final da Liga dos Campeões desde a temporada 2009/2010. Enquanto a Juventus não caía nos quartos de final desde 2015/2016, quando foi eliminada pelo Bayern de Munique.

No outro jogo da noite, o Barcelona venceu o Manchester United por 3-0 e afastou os 'red devils' da Champions.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.