O Leipzig chega pela primeira vez às meias-finais da Liga dos Campeões, o que não é de estranhar, tendo em conta que falamos de um clube fundado em 2009. Os alemães defrontam o Paris Saint-Germain por um lugar na final da Champions, marcada para o próximo domingo.

Antes do encontro olhamos para o percurso e para os números que os estreantes em meias-finais registam nesta edição da Champions, num dia que pode ser histórico na curta história do clube.

Fase de grupos

O Leipzig começou a sua caminhada na Liga dos Campeões no grupo G, o mesmo que Benfica, Lyon (outro dos semifinalistas) e Zenit. A equipa germânica começou com o pé direito, na visita ao Estádio da Luz, batendo o Benfica por 1-2. Seguiu-se uma derrota por 2-0 em casa, frente ao Lyon, naquela que foi a única derrota do conjunto comandado por Nagelsmann nesta edição da Champions até ao momento.

Seguiu-se uma vitória na Rússia (0-2 vs Zenit), um empate em casa com o Benfica (2-2) e novo empate, desta vez frente ao Lyon, de novo a duas bolas.

A equipa concluiu a fase de grupos no 1.º lugar do grupo G, com 11 pontos, mais três que o Lyon e mais quatro que Benfica e Zenit. Seguia-se a fase a eliminar.

Classificação final Grupo G
créditos: SAPO Desporto

Fase final

Depois de terminar no primeiro lugar do Grupo G, o Leipzig 'apanhou' o segundo classificado do grupo B, o Tottenham, de José Mourinho. Na primeira mão, em visita a Londres, os germânicos saíram com uma vitória curta por 1-0, que deixava o finalista vencido da última edição da Champions com a esperança numa possível reviravolta na eliminatória. Só que foi o oposto disso que aconteceu e o Leipzig voltou a vencer, desta vez por 3-0, carimbando a passagem aos quartos de final.

Emil Forsberg festeja o 3-0 para o Leipzig
Emil Forsberg festeja o 3-0 para o Leipzig créditos: AFP

Com uma pandemia pelo meio, o Leipzig lá marcou encontro com o Atlético de Madrid, na inédita fase final de Lisboa. A equipa de Nagelsmann colocou-se em vantagem aos 51 minutos, graças ao golo de Olmo. João Félix, de grande penalidade, fez o empate aos 71 minutos, mas Adams retomou a merecida vantagem alemã aos 88 minutos e confirmou a passagem do Leipzig à meia-final desta terça-feira.

Próximos jogos Leipzig

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

De onde vêm os golos

Olhando para os dados da UEFA, podemos perceber de onde vêm os golos da 8.ª equipa mais goleadora da prova, a 3.ª com mais golos entre os semifinalistas - só à frente de Lyon.

Dos 16 golos marcados - a seis do PSG e a 23(!) do Bayern, o goleador máximo - o Leipzig marcou a sua grande maioria dentro de área - três golos de fora de área, 13 golos de dentro de área, quatro deles através de grande penalidade -  e de pé direito - 12 com o pé direito, 1 com o pé esquerdo e três de cabeça.

Marcel Sabitzer, Timo Werner e Emil Forsberg são os melhores marcadores da equipa, com quatro golos marcados. Destes só Sabitzer e Forsberg podem melhorar o registo, uma vez que Werner rumou ao Chelsea pós-pandemia.

Leipzig vs Atletico de Madrid
Marcel Sabitzer celebra durante o Leipzig vs Atletico de Madrid. EPA/ANTONIO COTRIM

Os mais usados

Péter Gulácsi, guardião do Leipzig, é o jogador que mais minutos soma pelo Leipzig: 784 minutos, em nove partidas. Para lá de Gulácsi, tambem Lukas Klostermann marcou presença nos nove jogos do Leipzig na Liga dos Campeões.

Top 5 dos mais usados no Leipzig

  1. Péter Gulácsi | Guarda-redes | nove jogos, 784 minutos
  2. Luka Klostermann | Defesa | nove jogos, 727 minutos
  3. Marcel Sabitzer | Avançado | oito jogos, 717 minutos
  4. Konrad Laimer | Médio | nove jogos, 655 minutos
  5. Dani Olmo | Médio | sete jogos, 623 minutos

Disciplina

Em termos de faltas, o Leipzig destaca-se dos restantes: os germânicos são a equipa ainda em prova com o maior número de faltas cometidas (127), ficando apenas atrás da já eliminada Atalanta que cometeu 152 faltas.

Os jogadores do Leipzig viram 20 cartões amarelos ao longo desta edição da Liga dos Campeões, não tendo visto nenhum vermelho, à semelhança dos três restantes finalistas.

Konrad Laimer é o jogador com mais faltas cometidas (18), enquanto Upamecano e Haidara são os que mais vezes foram admoestados com um amarelo: cada um viu três amarelos.

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

Os números e a história do Leipzig na Liga dos Campeões 2019/2020 é esta, contudo números e história de pouco valem dentro de campo, como os quartos de final já nos mostraram. Agora resta esperar para ver qual dos dois emblemas presentes na partida de hoje se vai estrear numa final da Champions.

O Leipzig - Paris Saint-Germain tem inicio marcado para as 20 horas, no Estádio da Luz. O holandês Björn Kuipers será o árbitro da partida que pode acompanhar AO MINUTO, no SAPO Desporto. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.