Foi assim que técnico leonino justificou a exibição do Sporting frente aos holandeses do Twente, referindo-se ao facto dos leões se terem qualificado depois dos 90 minutos. Também não vai pedir milagres para o jogo de amanhã contra a Fiorentina, contando para a qualificação da Liga dos Campeões.

Para o jogo de amanhã, o treinador dos Sporting garante que a equipa precisa de "organização, talento, coragem, convicção e que naturalmente a sorte faz parte do jogo". Paulo Bento garantiu ainda que "nem antes de ir para Holanda, nem antes do primeiro jogo aqui com o Twente e nem agora com o jogo da Fiorentina fui a Fátima pedir o quer que seja".

Paulo Bento acha ainda que o melhor resultado é vencer, mas ganhar sem sofrer golos ou empatar a zero em casa "também seria um óptimo resultado", afirmou.

O técnico leonino acredita no trabalho e na qualidade dos seus jogadores, entre eles Liedson, que o acompanhava na conferência de imprensa de antevisão do jogo contra a Fiorentina, em Alvalade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.