A saída de Neymar Jr. do Barcelona para o Paris Saint-Germain foi tudo menos pacífica, com o internacional brasileiro a reclamar uma dívida de 26 milhões de euros de comissões ao emblema catalão.

Segundo escreve este sábado o jornal de Madrid 'AS', na altura da transferência de Neymar Jr. para o PSG, o clima de 'tensão' entre o jogador brasileiro e o Barcelona chegou a um ponto em que o avançado 'canarinho' apresentou uma queixa junto da UEFA a exigir a expulsão dos catalães da Liga dos Campeões.

Apesar das reinvidicações de Neymar Jr. e do seu pai, a UEFA decidiu arquivar a queixa considerando que não havia fundamentos suficientes para castigar o Barcelona.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.