Vítor Pereira lembrou que será apenas a segunda vez que um juiz português vai arbitrar a final da principal competição europeia de clubes, depois de António Garrido, em 1980, defendendo que a nomeação de Pedro Proença é um «reconhecimento do bom nível da arbitragem em Portugal».

«[O facto de], pela segunda vez nos 100 anos do futebol português, uma equipa de arbitragem portuguesa arbitrar a [final da] maior competição de clubes da Europa é motivo de grande satisfação. Pedro Proença e a sua equipa estão de parabéns e a arbitragem portuguesa está orgulhosa deste feito histórico», observou o presidente do CA.

Vítor Pereira defendeu que a nomeação de Pedro Proença para dirigir o jogo entre os alemães do Bayern de Munique e os ingleses do Chelsea, no próximo sábado, na Arena de Munique, é o reflexo do «trabalho extraordinário, de grande competência, de grande rigor e de grande sentido profissional» desenvolvido pelo árbitro durante esta época.

O antigo árbitro internacional lamentou a «intenção ostensiva e premeditada de denegrir a qualidade dos árbitros portugueses», advertindo que «essa qualidade virá sempre ao de cima».

«O trabalho que (...) desenvolveram em termos internacionais, tem levado as instâncias internacionais a reconhecerem o bom nível da arbitragem em Portugal, o bom nível de condições que estamos a oferecer aos árbitros e as metodologias inovadoras que estamos a lançar ao nível do treino. Sempre que nos são dadas condições, somos tão bons como os melhores», assinalou.

Pedro Proença, de 41 anos e internacional desde 2003, será o primeiro português a arbitrar uma final da Liga dos Campeões, pois António Garrido dirigiu o jogo decisivo da temporada 1979/80, entre os ingleses do Nottingham Forest e os alemães do Hamburgo, numa altura em que a prova se disputava sob a designação e formato de Taça dos Clubes Campeões Europeus.

O árbitro de Lisboa é também um dos nomeados para o Campeonato da Europa de 2012, que se realiza na Polónia e na Ucrânia, entre 08 de junho e 01 de julho.

Na Arena de Munique, onde a partida entre os anfitriões e a equipa inglesa está marcada para as 19:45, Pedro Proença terá como árbitros auxiliares Bertino Miranda e Ricardo Santos, a dupla que habitualmente o acompanha.

Os árbitros internacionais portugueses Jorge Sousa e Duarte Gomes serão os árbitros assistentes suplementares, enquanto o espanhol Carlos Velasco Carballo estará em Munique como quarto árbitro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.