O Olympiacos venceu esta quinta-feira por 1-0 o Estrela Vermelha e garantiu a continuação nas competições europeias esta temporada, com o terceiro lugar no grupo B da Liga dos Campeões.

A equipa de Pedro Martins estava obrigada a vencer para garantir lugar na Liga Europa e viu-se em apuros aos 41 minutos, quando o árbitro assinalou grande penalidade favorável ao Estrela Vermelha.

O português Tomané foi chamado à marcação, mas acabou por falhar e dar esperanças aos gregos.

Na segunda parte o Olympiacos continuou à procura do golo da vitória que acabou por surgir já perto do minuto 90, com os gregos a terem uma oportunidade soberana através de grande penalidade assinalada depois de um jogador do Estrela Vermelha tocar com a mão na bola dentro da área.

El Arabi foi chamado a converter o 'penalti' e converteu com sucesso lançando a equipa de Podence, Rúben Semedo e José Sá para a Liga Europa.

O Estrela Vermelha terminou em último lugar do grupo, com três pontos, menos um que o Olympiacos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.