O FC Porto e o Apoel debatarem-se num jogo fraco e com pouco entusiasmo, nesta quarta jornada do Grupo D da Liga dos Campeões. Valeu o golo de Radamel Falcao nos últimos instantes da partida.

Falcao, aos 83 minutos de jogo, à entrada área do Apoel, depois de se ter desenvencilhado perfeitamente dos defesas, rematou forte e rasteiro para o canto inferior esquerdo da baliza de Chiotis. O golo de colombiano, nos últimos dez minutos de jogo, carimbou o passaporte do clube portuense para aos oitavos-de-final.

Isto porque no outro jogo do grupo D o Chelsea e o Atlético de Madrid empataram a dois golos. Contas feitas, os ingleses e os portugueses têm o apuramento garantido para a fase seguinte da prova milionária: os oitavos-de-final.

À quarta jornada, o Chelsea lidera o grupo com dez pontos, segue-se o FC Porto com nove, o Atlético com dois e o Apoel apenas com um ponto.

Na primeira parte deste encontro, o brasileiro Hulk foi o autor do único lance gritante. Aos 29 minutos, o avançado portista isolado e cara-a-cara com Chiotis, atrapalha-se nas fintas e a bola fica entre os braços do guardião dos cipriotas.

Na Liga dos Campeões, O FC Porto recebe a 25 de Novembro o Chelsea num jogo que decidirá a liderança do Grupo D.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.