O presidente da Roma concordou hoje pagar uma multa e apresentar desculpas ao presidente da câmara romana por celebrar na fonte da Piazza del Popolo a vitória frente ao FC Barcelona, na Liga dos Campeões em futebol.

Cercado por uma multidão de adeptos do clube, James Pallotta saltou de costas, vestido, para a fonte, nas celebrações do triunfo por 3-0 frente aos catalães, que permitiram ao clube chegar às meias-finais da Liga dos Campeões, depois da derrota por 4-1 em Barcelona.

Pallotta é um executivo de Boston e um dos quatro norte-americanos que adquiriu o clube em 2011, sendo ainda acionista minoritário dos Boston Celtics.

O Município romano aplica multas de 500 euros por ‘mergulhos’ em fontes históricas.

Após uma denúncia de uma associação de defesa do ambiente, direitos dos cidadãos e dos consumidores, a agência noticiosa ANSA deu conta de que Pallotta ligou ao presidente da câmara, Virginia Raggi, a apresentar um pedido de desculpas.

Já o clube avançou que está previsto um encontro entre Pallotta e Raggi durante o dia de hoje.

A Roma qualificou-se para as meias-finais da principal prova europeia de clubes pela primeira vez desde 1983/84.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.