O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, classificou hoje de “interferência política no desporto” os comentários “nada apropriados” do presidente francês Emmanuel Macron, contra a reforma da Liga dos Campeões de futebol.

“É de todo indelicado antes da cerimónia de abertura da Campeonato do Mundo feminino [a decorrer de 07 de junho a 07 de julho em França] falar de outros assuntos”, afirmou o presidente da UEFA, à margem do congresso da FIFA, em Paris.

Emmanuel Macron, que chegou a Clairefontaine na terça-feira para conhecer a seleção gaulesa, três dias antes da partida de abertura do Mundial2019, disse que apoia totalmente o presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noël Le Graët, contra a reforma planeada pela UEFA para as suas provas.

“Mas isso não é um problema nosso e, é claro, nenhuma interferência política afetará o atual projeto”, disse Aleksander Ceferin, reportando-se ao controverso projeto em curso para a Liga de Campeões, já para 2024, que a tornará uma competição ainda mais fechada e de difícil acesso aos clubes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.