O português Cristiano Ronaldo disse hoje, depois da vitória do Real Madrid na final da Liga dos Campeões de futebol, que os seus críticos “vão meter a viola no saco”, depois de marcar dois golos.

“Eu dou a resposta em campo, as pessoas que me criticam vão meter a viola no saco porque ganhámos e somos os melhores”, atirou o português, no final da vitória por 4-1 sobre a Juventus.

Em declarações à Bein Sport, Ronaldo disse ainda que o próximo objetivo era ganhar nova ‘Champions’, um objetivo que “não é fácil, mas tudo é possível”.

Antes, o português já tinha frisado estar “muito feliz por ser de novo o melhor marcador da competição” e pelo “fim de temporada espetacular”, tanto a nível pessoal como coletivo, mostrando-se satisfeito por “acabar o ano com a Liga dos Campeões e com novo recorde”, ao tornar-se no primeiro jogador a marcar em três finais da competição desde que assumiu o formato atual, em 1992/93.

“Preparei-me para isto, porque as coisas grandes ganham-se no final. Foi uma opção, da minha parte e do treinador, estou muito contente”, assegurou.

O Real Madrid conquistou hoje a sua 12.ª Liga dos Campeões, ao vencer a Juventus, por 4-1, num encontro disputado em Cardiff e no qual Cristiano Ronaldo marcou dois golos, bisando aos 20 e 64 minutos.

Com este triunfo, o Real Madrid tornou-se na primeira equipa a conquistar a prova em dois anos consecutivos desde que a prova se passou a chamar Liga dos Campeões, em 1992/93.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.