Aos 24 minutos, Wayne Rooney materializou em golo a supremacia que o Manchester United vinha a evidenciar na primeira parte. Giggs cruzou atrasado para o internacional inglês e este bateu o guarda-redes Peter Cech.

O Chelsea forçou o empate, principalmente na segunda parte, através de Anelka e Drogba, mas a equipa de Alex Ferguson conseguiu segurar o ímpeto ofensivo do adversário e garantir uma vantagem importante para poder seguir em frente para as meias-finais da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.